Motobomba a Gasolina de 1" 1/2 x 1" 1/2 Polegada - Auto-Escorvante - Motor de 2,5 CV - 2 Tempos - Vazão Máxima de 16 m3/h - Toyama TGAE15TL

Marca: Toyama Modelo: TGAE15TL


Por:
R$ 799,90

ou 12x de R$ 78,48
 
Simulador de Frete
- Calcular frete

Motobomba a Gasolina Toyama TGAE15TL


 

A Toyama oferece a família de motobomba a gasolina, construídas com a mais alta qualidade e recursos para atender a qualquer aplicação exigente. A linha gasolina inclui modelos de diferentes tipos de motores. Motobombas auto-escorvantes, centrífugas, injetoras e multi-estágio. Todos os modelos oferecem qualidade e estão equipadas com motores Toyama já consagrados no mercado.

    Motobombas ideais para aplicações em: irrigações, abastecimento de tanques e caminhões pipa, combate e controle de incêndio, drenagem de valas e outras funções onde requer o uso deste tipo de equipamento.
    
    Com a maior linha do mercado nacional, relacionado ao custo / benefício, a Toyama sempre terá um modelo que atenderá as necessidades do mercado.

 

   MULTIPLICIDADE NAS APLICAÇÕES
Disponíveis em diversos tamanhos e potências, as motobombas Toyama foram especialmente projetadas para diversos tipos de aplicações, além de oferecer uma operação simples e segura. Nossos equipamentos são ideais para o uso em irrigações, transferência de líquidos, poços, combate e controle de incêndio e entre outros. Dentre os tipos de bombas disponíveis estão as auto-escorvantes, centrífugas,multi-estágios e injetoras.
   FACILIDADE DE USO E MANUTENÇÃO
O sistema de partida é de fácil manuseio e operação. O operador conta ainda com a opção de geradores com partida elétrica.
   CONEXÕES 
Possuem niples com rosca, para garantir um melhor aperto e vedação. 
   ROTOR
Motobombas com rotor de ferro fundido, garante a qualidade de um equipamento para diversas aplicações.
   ESTRUTURA COMPACTA E BAIXO PESO 
Aço tubular de baixo peso são usados na sua estrutura, garantindo assim um equipamento leve e compacto.
   MOBILIDADE 
Motobombas com baixo peso, facilita o transporte e movimentação do equipamento em campo de trabalho.

Como saber qual é a motobomba que eu preciso?Para escolher uma motobomba é preciso fazer o dimensionamento e verificar qual modelo atende a sua necessidade.

Perguntas iniciais a serem feitas:

 1) Qual a altura de recalque? (vamos chamar esse valor de AR, conforme fica mais fácil de visualização na imagem ao lado) motobomba
 2) Qual a altura de sucção? (esse valor vamos chamar de AS, conforme imagem ao lado). Sucção é o desnível em metros do nível em que está a bomba até a lâmina d´água do poço ou cisterna (quando a altura for maior que 8 metros, deve-se utilizar bombas injetoras, ao invés de centrífugas normais.)
 3) Qual o comprimento total da tubulação desde a válvula de pé até o reservatório superior? (vamos chamar esse valor de CT, conforme imagem ao lado)
 4) Qual a vazão de água que necessita? (quantidade de água que a bomba deve puxar por hora)


Com as respostas das perguntas 1,2,3 e 4. Calcula-se a perda de carga do sistema e a Altura Manométrica Total da bomba (MCA), conforme o exemplo a seguir:

Exemplo:

1) Altura de recalque (AR) = 32,5 metros
2) Altura de sucção (AS) = 2 metros
3) Comprimento total da tubulação (CT) = 250 metros
4) Vazão de água desejada = 3000 litros por hora (ou 3 m3/h)

Primeiro Passo:
Utilize a Tabela 01 para definir a bitola do tubo
motobomba

Segundo Passo:
Utilize a Tabela 02 para definir o percentual de perda de carga* para a vazão desejada na tubulação (indicada na tabela do Primeiro Passo).
motobomba

*Perda de Carga é o atrito da água no interior da tubulação e é calculada para todo o comprimento de tubulação através da Tabela 02.

Terceiro Passo:
Como a Tabela 01 sugere, adotamos para uma vazão de 3000 litros por hora uma tubulação de 1 1/4" de polegada (ou 40mm). De acordo com aTabela 02, para essa vazão de 3000 litros de água por hora em um tubo de 40mm, temos um percentual de perda de carga de 4,20%. Agora basta fazermos um pequeno cálculo:

setaComprimento Total da Tubulação: 250 metros
setaPercentual de Perda de Carga: 4,20%
setaPerda de Carga Total (vamos chamar esse valor de PC): 250 metros x 4,20% = 10,5 metros

Quarto Passo:
Finalmente temos todos os valores para calcularmos a altura manométrica total da motobomba que será (para esse nosso exemplo) de:


AS + AR + PC = 2 + 32,5 + 10,5 = 45 MCA


Com a altura manométrica total de 45 MCA e com a vazão desejada de 3000 litros por hora. Basta identificar agora na descrição dos produtos qual motobomba atende essa especificação.

Algumas observações importantes:
seta A tubulação a ser utilizada na bomba deve ter diâmetro igual ou superior ao original do produto para que sejam obtidas as vazões indicadas no catálogo. Utilizar a tabela de sugestão de bitola de tubos como referência. Nunca reduza o diâmetro original de sucção e recalque das bombas.
seta Instalar válvula de pé em todas as motobombas com exceção da autoaspirante
seta O responsável pela instalação da motobomba deve ler o manual do produto e seguir corretamente as instruções contidas no mesmo.
Descriçãoseta Tipo Monocilíndrico: 2 Tempos, refrigerado a ar
seta Modelo: TF25FTL
seta Cilindrada: 50 cc
seta Potência Máxima: 2,5 CV / 5500 RPM
seta Potência Nominal: 2,2 CV / 5500 RPM
seta Sistema de partida: Manual 
seta Tipo da bomba: Auto-escorvante

seta Material do corpo da bomba: Alumínio
seta Nº de rotores: 1
seta Material rotor: Ferro Fundido
seta Diâmetro de Sucção: 1" e 1/2” Polegada
seta Diâmetro de Recalque: 1" e 1/2” Polegada
seta Altura Máxima: 30 metros
seta Sucção Máxima: 6 metros
seta Vazão Máxima: 16 m3/h
seta Sensor de óleo: Não
seta Tempo de Escorva - Sucção: 4 metros 120 segundos
seta Dimensões (C x L x A): 365 x 355 x 355 mm
seta Peso Líquido: 12 Kg


 

Tabela de Rendimento

Altura Manométrica Máxima (MCA) Vazão (x1000 litros/hora)
30 0
20 8
15 11
10 13
5 15
0 16

Deixe seu comentário e sua avaliação


Características



Receba descontos especiais e ofertas exclusivas em seu e-mail